domingo, 19 novembro 2017
Últimas Notícias

Edson Cruz: de ajudante de vaqueiro a Prefeito de Santa Luzia

Edson Cruz, do PMDB, em entrevista a Rádio Esperança AM de Estância
Edson Cruz, do PMDB, em entrevista a Rádio Esperança AM de Estância

Pela realidade de não haver na cidade de Santa Luzia do Itanhi à época uma Maternidade, Edson Santos Cruz nasceu na cidade de Aracaju, capital do estado de Sergipe, em 27 de março de 1969. É filho de Edemar José da Cruz, que era conhecido como Sargento Paulo(de saudosa memória) e Josefa Santos, tem uma prole de quase trinta irmãos. É casado com a pedagoga Maria Isabel Gomes Cruz e pai de quatro filhos Cledson Gomes Cruz, Isabelle Gomes Cruz, Isadora Gomes Cruz e Guilherme Santos Cruz.

Edson só teve sua origem em Aracaju, mas foi em Santa Luzia do Itanhi que ele viveu sua infância, adolescência, cresceu e se desenvolveu até próximo dos seus 18 anos. Estudou no tradicional Colégio Estadual Comendador Calazans. Quando chegou numa certa série que os estabelecimentos de ensino de sua cidade não ofereciam, ele teve que ir estudar na cidade vizinha de Estância, onde fez a maior parte dos seus estudos e onde aprendeu as maiores lições de sua vida.

Em Estância, foi aluno dos colégios públicos “Gumersindo Bessa”e “Walter Franco”, conhecido por PREMEN, quando nesse último cursou Técnica de Administração de Empresa e no Colégio Cenecista Craccho Cardoso (estabelecimento particular), Edson estudou Contabilidade. Mais tarde, exerceu o papel de professor desse mesmo colégio.

No ensino superior, pela faculdade FANESE, ele concluiu os cursos de Ciências Contábeis e pós-graduação em Auditoria Governamental e Contabilidade Pública. Já pela Universidade Tiradentes (UNIT), em janeiro deste ano, Edson Cruz formou-se em Direito e logo foi aprovado no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Edson Cruz teve uma infância como a de qualquer criança filho de família humilde, mas que sempre se dedicou aos estudos. Quando não estava na escola, ele com os seus colegas estava sempre desenvolvendo algo de proveito, como pegar guaiamu, preá, jogar bola e sair pelos matos à procura de frutas. Mais o jovem Edson chegou a trabalhar como ajudante de vaqueiro na Fazenda Engenho de Ferro, de propriedade do engenheiro e jornalista Jorge Prado Leite, e foi ainda, em outra ocasião, servente de pedreiro.

Quando casou com Isabel Gomes, por não ter emprego em Santa Luzia do Itanhi, Edson Cruz teve que se mudar para Estância, e lá foi morar num quarto da casa de sua sogra, Dona Ninha, na qual ficou por sete anos e meio, até com a ajuda de Deus ter construído sua própria casa, localizada no bairro São Jorge, em Estância.

Por estar hoje prefeito da cidade onde lhe viu crescer e prosperar, Edson jamais se esqueceu de alguns dos seus amigos fiéis durante sua infância como Fachada, Boca de Bagre, Edmilto, Marquinhos e Cidinho.

Um fato marcante e pitoresco nessa sua fase de vida, Edson recorda que costumava acordar cedo para buscar cajá, isso quase sempre por volta das 5 horas da manhã. “Eu, para acordar cedo amarrava um cordão num dos meus dedos do pé, deixava uma ponta perto da porta e meu colega quando chegava dava um puxão no cordão, eu despertava para irmos em busca do fruto”, contou.

Edson Cruz trabalhou no escritório de Contabilidade de Luiz Contador, seu cunhado, em Estância, começando como office-boy, depois passou para os setores pessoal e fiscal e mais tarde já sabia um pouco de cada coisa no referido escritório.

Na vida política, Edson Cruz, teve como primeiro ingresso em partido político, no PSDB, em 1995. Nesta sigla passou cerca de 20 anos, só veio sair recentemente, quando se filiou ao PMDB, liderado no Estado pelo governador Jackson Barreto. Ele entrou na vida pública através do seu pai, um militar da polícia, que era ligado ao ex-prefeito de saudosa memória, Paulo César Ribeiro Soutelo.

Edson Cruz disputou sua primeira eleição para vereador e não obteve êxito. Na segunda também ele não se elegeu, todas duas confusas porque na sua família um dos seus irmãos também disputava o pleito, mas mesmo perdendo, Edson sempre conseguia uma boa expressão de voto. Por isso que seguia firme nessas candidaturas. Somente na terceira disputa eleitoral, ele conseguiu se eleger vereador pelo PSDB, com 228 votos.

Em 2008, disputou como vice-prefeito pela mesma chapa de Paulo César Ribeiro Soutelo, ambos perderam a eleição, mas em 2012 se elegeu vice-prefeito, e em março deste ano, com a morte do prefeito Paulo César, Edson Cruz assume o poder e encontra-se no comando da Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Itanhi.

ASCOM

guanabara meio

About Everton Pereira

Além disso, verifique

Cunha é preso em Brasília por decisão de Sérgio Moro

O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta quarta-feira (19), ...

Facebook Twitter Google+ linkedin email Outras Redes